Chris Froome mantém liderança e se torna virtual campeão da Volta da França

Home / Chris Froome mantém liderança e se torna virtual campeão da Volta da França

Chris Froome mantém liderança e se torna virtual campeão da Volta da França

Chris Froome sacramentou neste sábado o seu domínio na Volta da França. Na 20ª etapa da tradicional disputa do ciclismo, um contrarrelógio individual de 22,5 quilômetros realizado em Marselha, o britânico foi o terceiro colocado, manteve a liderança da classificação geral e se tornou o virtual campeão de 2017. Embora a competição termine apenas no domingo, com um percurso de 103 quilômetros entre Montgeron e Paris, a 21ª etapa é meramente festiva e sem disputas por posição. Assim, Froome certamente manterá a liderança quando os ciclistas chegarem na Champs-Elysées para completar a Volta da França. A prova deste sábado coroou o grande desempenho de Froome, que assumiu a liderança ainda no início da competição e recebeu certa pressão nas últimas etapas, mas soube manter a dianteira. Este é o seu quarto título na Volta da França – e o terceiro consecutivo. "Estou sem palavras. É uma sensação incrível. Acabei de falar com a minha esposa e amanhã (domingo) vou a Paris com meu filho. Essa foi a minha Volta da França mais apertada, com a disputa mais dura entre os ciclistas", descreveu o britânico. "Sofri um pouco de pressão, mas, para mim, é sempre bom ser pressionado. Estou extasiado por ganhar novamente." Para chegar ao seu quarto título na competição, Froome terminou a prova deste sábado na terceira colocação, seis segundos atrás do polonês Maciej Bodnar, que venceu a etapa com o tempo de 28m15 – o também polonês Maciej Bodnar terminou em segundo. Assim, o britânico completou as 20 etapas em 83h55min16. Quem também teve muito a festejar neste sábado foi o colombiano Rigoberto Urán. Oitavo colocado na 20ª etapa, com 31 segundos de desvantagem para Bodnar, ele assumiu a segunda colocação na classificação geral e se sagrou vice-campeão da Volta da França. Urán terminou com 54 segundos de desvantagem para Froome na classificação geral e, assim, ultrapassou o francês Romain Bardet, que sentiu uma moléstia neste sábado, teve um péssimo desempenho e caiu para terceiro. "Foi uma Volta da França muito boa para mim, até ganhei uma etapa. Terminar em segundo foi o feito mais importante de minha carreira", celebrou o colombiano.
Source: Diario da Região

Leave a Comment